Header

Placa Azul para Bob Marley.

Muito mais considerações e deferências ao rei do reggae. Em 1977 Bob teve que sair da sua amada jamaica após tentativa de homicídio para com o mesmo. Ele partiu para Inglaterra e morou tempos em (Oakley Street) na cidade de Chelsea, por lá os The Wailers gravaram um dos mais memoráveis álbuns da carreira ”Exodus.” (O album está no hall da fama do rock Roll entre os 200 mais importantes da história) fato esse que levou o local (Casa de Bob) ter a inauguração hoje de uma placa Azul em memória do ícone jamaicano. “Ele foi um dos primeiros superastros de um país em desenvolvimento. Bob é um dos rostos mais famosos do mundo, um dos artistas mais reconhecidos do mundo, e abriu caminho para outros artistas de países em desenvolvimento.” disse empolgado o historiador nigeriano naturalizado inglês David Adetayo Olusoga. O projeto veio através da agencia de patrimônio cultura e natural (English Heritage), que para esse ano pretende priorizar com mais Placas Azuis as mulheres e os negros por suas contribuições culturalmente falando. Já que tempos atrás o ”padrão Branco” era unanimidade nas referencias dadas aos artistas. Esse ano que marca seus 74 anos, Robert Nesta Marley continua a ser o artista jamaicano mais idolatrado e lucrativo de todos os tempos. Ditos não só pelos maiores portais do reggae, mais em pesquisa geral sobre musica no mundo, onde o rasta sempre está entre os dez mais ouvidos do planeta. By We are All Warriors!

Você pode gostar ...

0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1